Santo André, * *

Sindicato protocola aviso de Greve Sanitária em Defesa da Vida à Prefeitura de Santo André
O documento foi enviado ao Prefeito Paulo Serra (PSDB), à secretária de Educação, a professora Cleide Bochixio, e ao secretário de Administração, Pedro Seno.

Por: Viviane Barbosa, Redação do Sindserv Santo André
Publicação: 23/02/2021

Imagem de Sindicato protocola aviso de Greve Sanitária em Defesa da Vida à Prefeitura de Santo André

card educação

#Sem Vacina, Sem Retorno

O Sindserv Santo André protocolou nesta terça-feira (23) para Prefeitura ofício de Greve Sanitária em Defesa da Vida dos trabalhadores e trabalhadoras da educação.  O documento foi enviado ao Prefeito Paulo Serra (PSDB), à secretária de Educação, a professora Cleide Bochixio, e ao secretário de Administração, Pedro Seno.
 
O Sindicato informa sobre a decisão soberana da Assembleia dos trabalhadores e trabalhadoras da Educação, realizada na última sexta-feira (19), que aprovou por unanimidade a Greve Sanitária a partir de 1º de março. “Diante da ausência de resposta concreta do governo diante aos protocolos de saúde,  garantir direito de greve, assegurado pela Lei Nº 7.783/1989, caso não tenha vacinação contra a COVID-19 para os profissionais da Educação”, cita trecho do ofício do Sindicato.

Trabalhadores da Educação decretam Greve Sanitária em 1º de março

>Sindserv Santo André repudia declarações de Paulo Serra em Live

O anúncio da volta às aulas presenciais em 1º de março em meio à pandemia de Covid-19, que continua elevada no país e na região do Grande ABC, foi confirmada pela Secretaria de Educação e pelo Prefeito Paulo Serra (PSDB). 

Já as prefeituras vizinhas na região do Grande ABC: Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra vão postergar para o dia 5 de abril o retorno das aulas presenciais nas escolas municipais. 

A prefeitura vizinha de São Bernardo suspendeu ontem o retorno para 15 de março e ainda aprovou toque de recolher para evitar a proliferação de mais casos de COVID-19.

Manutenção do ensino remoto

O Sindicato também informa à Prefeitura a decisão dos profissionais da Educação em continuarem a manutenção do ensino remoto em home-office até que todos profissionais sejam vacinados contra COVID-19. Os trabalhadores e trabalhadoras da Educação defendem o retorno presencial com segurança nas escolas, com vacinação, e que sejam disponibilizados todos os protocolos sanitários de combate à COVID-19 nas escolas, EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e testagem em massa para todos profissionais.



Confira documento




Comunicação e Imprensa do SindServ Santo André
Agência: Mídia Consulte Comunicação & Marketing
Fone: 55 + (11) 9+6948-7446
Editora e Assessora de Imprensa: Viviane Barbosa MTB 28121
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com.br

Mídia

Facebook

Galeria de Fotos

Reunião Plena do Sindserv Santo André - 22/02/2021