Santo André, * *

Servidores aprovam manutenção da mobilização e farão novas paralisações
Essa decisão foi aprovada em assembleia da categoria realizada na noite de quinta-feira, dia (28), no anfiteatro da Câmara.

Por: Viviane Barbosa, da Redação do Sindserv Santo André
Publicação: 29/04/2022

Imagem de Servidores aprovam manutenção da mobilização e farão novas paralisações

Rodrigo, Durval e Daisy conduzem a assembleia da Reposição Salarial no dia 28 de abril - crédito: Viviane Barbosa

A luta por uma reposição salarial decente que reponha a defasagem da inflação nos salários para todos os servidores andreenses da ativa e aposentados continua. 

Diante da ausência de contraproposta do governo Paulo Serra que retomou o diálogo com o Sindserv Santo André, após três atos e paralisações, os servidores farão novas mobilizações paralisações a partir do dia 10 de maio. Essa decisão foi aprovada em assembleia da categoria realizada na noite de quinta-feira, dia (28), no anfiteatro da Câmara.


A diretora do Sindserv Santo André, Daisy Dias - foto: Viviane Barbosa 
 

“Continuamos o estado de greve. Faremos uma agenda de lutas pela reposição salarial com responsabilidade. Vamos mostrar para a população a gestão mentirosa do prefeito que não valoriza os servidores”, informa a diretora do Sindserv Santo André, a professora Daisy Dias.

O Representante Legal do Sindicato, Durval Ludovico Silva, fez um balanço das três paralisações e atos dos servidores que foram fundamentais para retomada do diálogo com a Administração e criticou a falta de compromisso e respeito da gestão Serra com os servidores públicos.  


Ao microfone, o Representante Legal do Sindicato, Durval Ludovico Silva - foto: Viviane Barbosa
 

“Conseguimos abertura do diálogo, no entanto, em nada avançamos. O secretário de Administração e o de Finanças não têm autonomia para fechar acordos, foi o que notamos na mesa de negociação. O governo Paulo Serra não tem proposta e nem respeito pelos servidores. Estamos cansados de promessas, de sermos chamados de heróis e passarmos dificuldades e fome. Não temos dinheiro para manter a nossa dignidade. Precisamos de mais concursos públicos. Exigimos respeito, valorização de verdade e salário decente".

Durval explica que os servidores andreenses já estão há dois anos sem reposição salarial e o reajuste parcelado de Paulo Serra (3% em maio e 4% em maio) não reporá as perdas da inflação.
 
“A inflação desse mês fechou em 1.64%, quando recebermos esses 3% já foi corroída e se esperamos até setembro perderemos novamente”, informa o sindicalista, que explica que a folha de pagamento da Administração está bem abaixo da Lei de Responsabilidade Fiscal e, portanto, a Prefeitura tem condições de pagar um reajuste decente para os servidores.

O diretor do Sindicato, o professor Rodrigo Gomes, disse que neste momento é importante a unidade de todos servidores para continuar a pressão em defesa de um reajuste decente.


O diretor do Sindicato, o professor Rodrigo Gomes - foto: Viviane Barbosa


Reunião do Comando de Greve na segunda, dia (2/5)

Outro encaminhamento aprovado na assembleia foi a realização da reunião do Comando de Greve nesta segunda-feira, 2 de maio, às 1830h, on-line.

Sindicato conquista reposição dos dias parados

O Sindserv Santo André e a Administração Municipal firmaram um acordo de que todos os servidores que participaram das paralisações e dos atos públicos nos dias 10 e 31 de março e 12 de abril poderão fazer a reposição desses dias.

Então, para que isso aconteça, é importante que os servidores preencham o requerimento de falta justificada com o motivo de greve: código 170. 

A solicitação pode ser feita pelo site da Prefeitura. Após preenchê-la, entregue para a chefia no seu local de trabalho que orientará como serão feitas as reposições dos dias parados.

#JuntosSomosMaisFortes
#EstamosEmEstadoDeGreve
#ReposiçãoSalarialDecente
#PauloSerraValorizeServidores




Comunicação e Imprensa do SindServ Santo André
Agência: Mídia Consulte Comunicação & Marketing
Fone: 55 + (11) 9+6948-7446
Editora e Assessora de Imprensa: Viviane Barbosa MTB 28121
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com.br

Mídia

Facebook

Galeria de Fotos

Professoras e professores de Santo André protestam nas redes contra violência na sala de sala no dia 15 de junho de 2022