Santo André, * *

Sindserv entrega pauta de reivindicação para Prefeitura
Diante da pandemia de COVID-19, o Sindicato negociará com a Prefeitura que implemente regras para regularizar o trabalho remoto das categorias que estão nesta modalidade.  

Por: Viviane Barbosa, Redação do Sindserv Santo André
Publicação: 23/04/2021

Imagem de Sindserv entrega pauta de reivindicação para Prefeitura

arte da Campanha Salarial 2021 Sindserv Santo André

Começa a Campanha Salarial do funcionalismo andreense para renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2021.

Os trabalhadores e trabalhadoras do Paço, Guarda, SOSP, Semasa, Saúde, Educação, Fabrinq, CRAISA, IPSA, Faisa e aposentados aprovaram por unanimidade a pauta de reivindicações em Assembleia Virtual, realizada nesse formato em razão da pandemia de COVID-19, no dia 30 de março.
 
A Direção do Sindicato levantou mais de 90 sugestões feitas pelos servidores andreenses que foram respondidas por meio de um formulário eletrônico. Durante a Assembleia, a diretora do Sindicato, a professora Daisy Dias, apresentou todas as sugestões e tirou dúvidas dos servidores.

Diante da pandemia de COVID-19, o Sindicato negociará com a Prefeitura que implemente regras para regularizar o trabalho remoto das categorias que estão nesta modalidade.  (Confira abaixo as reivindicações)

Também será cobrada a inclusão dos servidores nos grupos prioritários de vacinação contra a COVID-19. O Sindicato já solicitou pedidos de vacinação para Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André) e Agentes de Trânsito. A GCM e o serviço funerário já foram vacinadas. O diretor do Sindicato, o professor Rodrigo Gomes,  alertou sobre o “pacote de maldades” aprovado pelo presidente Bolsonaro com apoio de seu ministro Paulo Guedes, que coleciona frases desrespeitosas contra os servidores. 

Gomes relembrou a frase em que Guedes chamou os servidores de “inimigos”, ao afirmar que suspenderia por dois anos os reajustes salariais da categoria, como conseguiu por meio da Lei Complementar 173/2020. O ataque mais recente é a Emenda Constitucional  109 que propõe congelamento salarial, suspensão de concursos e abre caminho para o desmantelamento dos serviços públicos vitais para sociedade brasileira.

“É lamentável que o governo Bolsonaro se utilizou da situação de calamidade pública da pandemia de COVID-19, da miséria instalada no país e do desemprego em alta para aprovar essa EC 109, que comprometerá a oferta dos serviços públicos essenciais à população e a valorização dos/as servidores/as públicos/as”, ressaltou Rodrigo.

UNIDADE NA LUTA
A professora Daisy Dias, diretora do Sindicato, enfatizou que é fundamental que todos os servidores e servidoras se unam e participem de todas as atividades e assembleias organizadas pelo Sindserv. “Deixo a mensagem do verbo esperançar, no sentido de agir, para que possamos reverter essa situação de retrocessos e redução dos direitos. É importante estarmos unidos e em luta”, frisa a sindicalista.

 REPOSIÇÃO DA INFLAÇÃO
6,89% - índice inclui a reposição das perdas inflacionárias da data-base, 1º de maio, de acordo com o IPCA (Índice Preços ao Consumidor Amplo – calculado pelo IBGE) dos últimos 12 meses.

 BENEFÍCIOS
Incorporação de 8% ao vale-refeição, à cesta básica, aos auxílios creche e babá. Esse índice foi o reajuste pago aos salários de 2020 e não foi incorporado aos benefícios.

 RECLASSIFICAÇÕES 
Calendário de atendimento para todas as categorias que ainda não foram contempladas. O prefeito Paulo Serra (PSDB) fez promessa em sua campanha que irá atender as demais carreiras.

 LICENÇA PRÊMIO
Que a Prefeitura tenha celeridade e reserve um valor para o pagamento da Licença Prêmio. Atualmente, a Administração não tem contemplado o número de pedidos.





Comunicação e Imprensa do SindServ Santo André
Agência: Mídia Consulte Comunicação & Marketing
Fone: 55 + (11) 9+6948-7446
Editora e Assessora de Imprensa: Viviane Barbosa MTB 28121
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com.br

Mídia

Facebook

Galeria de Fotos

Reunião Plena do Sindserv Santo André - 22/02/2021